• Página inicial
  • Quem Somos
  • Corpo Editorial
  • Edições
  • Editorial
  • Normas para
     Publicação
  • Artigos
  • Eventos
  • Links
  Busca
  Indexadores
  Fale Conosco
  • Área Restrita

 

V.7 N.1 2011


 
SMAD - Procedimentos para a elaboração e envio de trabalhos

Procedimentos para a elaboração e envio de trabalhos

Atualização em Agosto/2010

Essas instruções visam orientar os autores sobre as normas adotadas pela SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas para avaliação de manuscritos e o processo de publicação. As referidas instruções baseiam-se nas Normas para Manuscritos Submetidos a Revistas Biomédicas: Escrever e Editar para publicações Biomédicas, estilo Vancouver, formuladas pelo “International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE).

MISSÃO DA REVISTA

A SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas, é um órgão oficial de divulgação científica, da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Centro Colaborador da OMS para o Desenvolvimento da Pesquisa em Enfermagem.

A SMAD possui como missão: “Compartilhar experiências e conhecimento produzidos por trabalhadores e pesquisadores da área de saúde mental, álcool e drogas”.

Publicação eletrônica semestral.

POLÍTICA EDITORIAL

A SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas publica prioritariamente artigos destinados à divulgação de resultados de pesquisas originais e revisões sistemáticas ou integrativas, cartas ao editor, editoriais, resenhas e página do estudante.

Os manuscritos devem destinar-se exclusivamente à SMAD, não sendo permitida sua apresentação simultânea a outro periódico, tanto do texto, quanto de figuras e tabelas, quer na íntegra ou parcialmente, excetuando-se para resumos ou relatórios preliminares, publicados em anais de reuniões científicas.

Esta Revista desencoraja fortemente a submissão de manuscritos multipartes de uma mesma pesquisa.

A reprodução é permitida, desde que haja citação da fonte.

A SMAD não se obriga a devolver os trabalhos originais enviados, assim como os trabalhos recusados para publicação.

É de inteira responsabilidade do(s) autor(es) os conceitos e opiniões emitidos, não refletindo obrigatoriamente a opinião da Comissão de Editoração e do Conselho Editorial.

PROCESSO DE JULGAMENTO

A Revista possui sistema de gerenciamento do processo de publicação. Os manuscritos são encaminhados pelos autores, via e-mail, e recebem protocolo numérico de identificação. Posteriormente, é realizada avaliação prévia do manuscrito pelos editores, a fim de verificar a contribuição que o estudo traz para o avanço do conhecimento científico em Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas. O manuscrito é então enviado aos consultores para análise baseada no instrumento de avaliação utilizado pela Revista.

Utiliza-se o sistema de avaliação por pares (peer review), de forma sigilosa, com omissão dos nomes dos consultores e autores. Os pareceres emitidos pelos consultores são apreciados pelos editores associados que os analisam em relação ao cumprimento das normas de publicação, conteúdo e pertinência. Os manuscritos podem ser aceitos, reformulados ou recusados.

Após a aceitação pelos editores associados, o artigo é encaminhado para aprovação do editor científico que dispõe de plena autoridade para decidir sobre a aceitação ou não do artigo, bem como das alterações solicitadas. O parecer da revista é enviado na sequência para os autores.

SUBMISSÃO

No ato da submissão, o manuscrito deverá ser encaminhado à SMAD em português ou inglês ou espanhol.

A submissão de manuscritos é realizada exclusivamente pelo e-mail: rev_smad@eerp.usp.br.

No momento da submissão o autor deverá anexar no e-mail:

- formulário individual de declarações (clique aqui para download)

- arquivo do artigo

- aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa ou declaração informando que a pesquisa não envolveu sujeitos humanos.

A Revista efetuará a conferência do manuscrito e da documentação, e, se houver alguma pendência, solicitará correção. Caso as solicitações de adequação não sejam atendidas, a submissão será automaticamente cancelada.

PUBLICAÇÃO

Os artigos são publicados no idioma em que o autor enviou, sendo que os resumos são publicados em português, inglês e espanhol.

REGISTRO DE ENSAIOS CLÍNICOS

A SMAD apoia as políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde – OMS – e do International Committee of Medical Journal Editors – ICMJE, reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informação sobre estudos clínicos, em acesso aberto. Sendo assim, somente serão aceitos para publicação os artigos de pesquisas clínicas que tenham recebido um número de identificação em um dos registros de Ensaios Clínicos, validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis na url: http://www.icmje.org. O número de identificação deverá ser registrado ao final do resumo.

POLÍTICA DE ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS

Os arquivos de artigos publicados serão mantidos pelo prazo de cinco anos, após esse período, serão eliminados.

Os trabalhos recebidos pela SMAD que forem cancelados ou recusados serão eliminados dos arquivos da revista.

ERRATAS

As solicitações de correção deverão ser encaminhadas no prazo máximo de 30 dias após a publicação do artigo.

CATEGORIAS DE ARTIGOS

Artigos Originais

São contribuições destinadas a divulgar resultados de pesquisa original e inédita, que possam ser replicados e/ou generalizados.

São também considerados artigos originais as formulações discursivas de efeito teorizante e as pesquisas de metodologia qualitativa, de modo geral.

Cartas ao Editor

Inclui cartas que visam discutir artigos recentes, publicados na Revista, ou relatar pesquisas originais, ou achados científicos significativos.

Editorial

Inclui a opinião oficial da revista e seus pareceristas sobre assuntos relevantes da área de saúde mental, álcool e drogas.

Página do Estudante

É o espaço destinado à divulgação de estudos desenvolvidos por alunos de graduação.

Resenhas

Trata-se de análise de obra recentemente publicada.

Revisão integrativa

Utiliza método de pesquisa que apresenta a síntese de múltiplos estudos publicados e possibilita conclusões gerais a respeito de uma particular área de estudo, realizado de maneira sistemática e ordenada e contribui para o aprofundamento do conhecimento do tema investigado. É necessário seguir padrões de rigor metodológico, clareza na apresentação dos resultados, de forma que o leitor consiga identificar as características reais dos estudos incluídos na revisão. Etapas da revisão integrativa: identificação do tema e seleção da hipótese ou questão de pesquisa para a elaboração do estudo, estabelecimento de critérios para inclusão e exclusão de estudos/amostragens, ou busca na literatura, definição das informações a serem extraídas dos estudos selecionados/categorização dos estudos, avaliação dos estudos incluídos na revisão, interpretação dos resultados, apresentação da revisão/síntese do conhecimento.

Revisão sistemática

Utiliza método de pesquisa conduzido por meio da síntese de resultados de estudos originais, quantitativos ou qualitativos, objetiva responder uma pergunta específica e de relevância para a Enfermagem e/ou para a saúde. Descreve com pormenores o processo de busca dos estudos originais, os critérios utilizados para a seleção daqueles que foram incluídos na revisão e os procedimentos empregados na síntese dos resultados obtidos pelos estudos revisados (que poderão ou não ser procedimentos de meta-análise ou metassíntese). As premissas da revisão sistemática são: a exaustão na busca dos estudos, a seleção justificada dos estudos por critérios de inclusão e exclusão explícitos e a avaliação da qualidade metodológica, bem como o uso de técnicas estatísticas para quantificar os resultados.

ESTRUTURA DO MANUSCRITO

Embora se respeite a criatividade e estilo dos autores na opção pelo formato do manuscrito, sua estrutura é a convencional, contendo introdução, materiais e métodos ou casuísticas e métodos, resultados, discussão e conclusão, com destaque às contribuições do estudo para o avanço do conhecimento na área da enfermagem.

A Introdução deve ser breve, definir claramente o problema estudado, destacando sua importância e as lacunas do conhecimento. Incluir referências que sejam estritamente pertinentes.

Os Materiais e Métodos ou Casuísticas e Métodos empregados, a população estudada, a fonte de dados e os critérios de seleção devem ser descritos de forma objetiva e completa.

Os Resultados devem estar limitados somente a descrever a análise do material (quantitativo ou qualitativo). O texto complementa e não repete o que está descrito em tabelas e figuras.

A Discussão enfatiza os aspectos novos e importantes do estudo, faz interpretações que advêm deles e comparações com outras literaturas não citadas na introdução. Para os estudos experimentais, é útil começar a discussão com breve resumo dos principais achados, depois explorar possíveis mecanismos ou explicações para esses resultados, comparar e contrastar os resultados com outros estudos relevantes. Explicitar as contribuições trazidas pelos artigos publicados na SMAD, referenciando-os no texto, quando pertinente, as limitações do estudo e explorar as implicações dos achados para pesquisas futuras e para a prática clínica.

A Conclusão ou Considerações Finais deve estar vinculada aos objetivos do estudo, mas evitar afirmações e conclusões não fundamentadas pelos dados. Especificamente, evitar fazer afirmações sobre benefícios econômicos e custos, a não ser que o manuscrito contenha os dados e análises econômicos apropriados. Evitar reivindicar prioridade ou referir-se a trabalho ainda não terminado. Estabelecer novas hipóteses quando for o caso, mas deixar claro que são hipóteses.

AUTORIA

O conceito de autoria adotado pela SMAD está baseado na contribuição substancial de cada uma das pessoas listadas como autores, no que se refere, sobretudo, à concepção e planejamento do projeto de pesquisa, obtenção ou análise e interpretação dos dados, redação e revisão crítica. A indicação dos nomes dos autores, logo abaixo do título do artigo, é limitada a 6, acima desse número, os autores deverão constar como agradecimentos.

Não se justifica a inclusão de nomes de autores cuja contribuição não se enquadre nos critérios acima, podendo, nesse caso, figurar na seção Agradecimentos.

Os conceitos emitidos nos manuscritos são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es), não refletindo obrigatoriamente a opinião dos Editores e do Conselho Editorial.

PREPARO DOS MANUSCRITOS

- título (conciso, porém informativo, excluindo localização geográfica da pesquisa e abreviações), nos idiomas português, inglês e espanhol;
- nome do(s) autor(es) por extenso, indicando em nota de rodapé a categoria profissional, o maior título universitário, nome do departamento e instituição aos quais o estudo deve ser atribuído, endereço eletrônico, cidade, Estado e País;
- nome, o endereço de correio, e-mail, os números de telefone/fax do autor responsável por qualquer correspondência sobre o manuscrito;
- também, inserir o nome de todos os autores;
- fonte(s) de apoio na forma de financiamentos, equipamentos e fármacos, ou todos esses;
- agradecimentos:
* nome de colaboradores cuja contribuição não se enquadre nos critérios de autoria, adotados pela SMAD, ou lista de autores que ultrapassaram os nomes indicados abaixo do título
* consultoria científica
* revisão crítica da proposta do estudo
* auxílio e/ou colaboração na coleta de dados
* assistência aos sujeitos da pesquisa
* revisão gramatical
* apoio técnico na pesquisa
* apoio recebido por órgãos de fomento;
- vinculação do manuscrito a dissertações e teses (nesse caso, informar a instituição responsável);
- o resumo deverá conter até 120 palavras, incluindo o objetivo da pesquisa, procedimentos básicos (seleção dos sujeitos, métodos de observação e analíticos, principais resultados) e as conclusões. Deverão ser destacadas as contribuições para o avanço do conhecimento na área da enfermagem;
- incluir de 3 a 6 descritores que auxiliarão na indexação dos artigos - para determinação dos descritores consultar o DeCS-LILACS – Descritores em Ciências da Saúde, elaborado pela BIREME (http://decs.bvs.br/) ou o MESH – Medical Subject Headings (http://www.nlm.nih.gov/mesh/MBrowser.html) do Index Medicus.

Arquivo do artigo

O arquivo do artigo também deverá apresentar, na primeira página, o título, o resumo e os descritores, nessa sequência, nos idiomas português, espanhol e inglês.

Não utilizar abreviações no título e no resumo. Os termos por extenso, aos quais as abreviações correspondem, devem preceder sua primeira utilização no texto, a menos que sejam unidades de medidas padronizadas.

O arquivo do artigo deverá ser elaborado no programa Microsoft Word, versão 2003.

Documentação obrigatória

No ato da submissão dos manuscritos deverão ser anexados ao e-mail os documentos:

- cópia da aprovação do Comitê de Ética ou Declaração de que a pesquisa não envolveu sujeitos humanos;
- formulário individual de declarações, preenchido e assinado (clique aqui para download);

Ambos documentos deverão ser digitalizados em formato JPG ou GIF, com tamanho máximo de 1Megabyte cada um.

Formatação obrigatória

- Papel A4 (210 x 297mm).
- Margens de 2,5cm em cada um dos lados.
- Letra Times New Roman 12.
- Espaçamento duplo em todo o arquivo.
- As tabelas devem estar inseridas no texto, numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto e não utilizar traços internos horizontais ou verticais. Recomenda-se que o título seja breve e inclua apenas os dados imprescindíveis, evitando-se que sejam muito longos, com dados dispersos e de valor não representativo. As notas explicativas devem ser colocadas no rodapé das tabelas e não no cabeçalho ou título.
- Figuras (compreende os desenhos, gráficos, fotos etc.) devem ser desenhadas, elaboradas e/ou fotografadas por profissionais. Em caso de uso de fotos os sujeitos não podem ser identificados ou então possuir permissão, por escrito, para fins de divulgação científica. Devem ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto. Serão aceitas desde que não repitam dados contidos em tabelas. Nas legendas das figuras, os símbolos, flechas, números, letras e outros sinais devem ser identificados e seu significado esclarecido. As abreviações não padronizadas devem ser explicadas em notas de rodapé, utilizando os seguintes símbolos, em sequência: *,†,‡,§,||,¶,**,††,‡‡.
- Ilustrações devem ser suficientemente claras para permitir sua reprodução. Para ilustrações extraídas de outros trabalhos, previamente publicados, os autores devem providenciar permissão, por escrito, para a reprodução das mesmas. Essas autorizações devem acompanhar os manuscritos submetidos à publicação.
- Tabelas, figuras e ilustrações devem ser limitadas a 5, no conjunto.
- Utilize somente abreviações padronizadas internacionalmente.
- Notas de rodapé: deverão ser indicadas por asteriscos, iniciadas a cada página e restritas ao mínimo indispensável.
- O número máximo de páginas inclui o artigo completo, com os títulos, resumos e descritores nos três idiomas, as ilustrações, gráficos, tabelas, fotos e referências.
- Artigos originais em até 15 páginas. Recomenda-se que o número de referências limite-se a 25. Sugere-se incluir aquelas estritamente pertinentes à problemática abordada e evitar a inclusão de número excessivo de referências numa mesma citação.
- Artigos de revisão em até 20 páginas. Sugere-se incluir referências estritamente pertinentes à problemática abordada e evitar a inclusão de número excessivo de referências numa mesma citação.
- Cartas ao Editor, máximo de 1 página.
- Resenhas, máximo de 1 página
- Página do estudante, máximo de 2 páginas
- Depoimentos dos sujeitos deverão ser apresentados em itálico, letra Times New Roman, tamanho 10, na sequência do texto. Ex.: a sociedade está cada vez mais violenta (sujeito 1).
- Citações ipsis litteres usar apenas aspas, na sequência do texto.
- Referências - numerar as referências de forma consecutiva, de acordo com a ordem em que forem mencionadas pela primeira vez no texto. Identificá-las no texto por números arábicos, entre parênteses e sobrescrito, sem menção dos autores. A mesma regra aplica-se às tabelas e legendas.
- Nas citações sequenciais os números deverão ser separados por traço (ex.: (1-2)); quando intercalados usar vírgula (ex.: (1,5,7)).
- Incluir contribuições sobre o tema do manuscrito já publicadas na SMAD.

A exatidão das referências é de responsabilidade dos autores.

Exemplos de Referências de acordo com as Normas de Vancouver

Periódicos

·Artigo padrão

Conrod PJ, Castellanos-Ryan N, Strang J. Brief, personality-targeted coping skills interventions and survival as a non-drug user over a 2-year period during adolescence. Arch Gen Psychiatry. 2010 Jan;67(1):85-93.

·Artigo com mais de seis autores

Wood DM, Looker JJ, Shaikh L, Button J, Puchnarewicz M, Davies S, et al. Delayed onset of seizures and toxicity associated with recreational use of Bromo-dragon FLY. J Med Toxicol. 2009 Dec;5(4):226-9.

·Artigo com indicação de subtítulo

Wu LT, Parrott AC, Ringwalt CL, Yang C, Blazer DG. The variety of ecstasy/MDMA users: results from the National Epidemiologic Survey on alcohol and related conditions. Am J Addict. 2009 Nov-Dec;18(6):452-61.

·Artigo cujo autor é uma ou mais instituições

American Academy of Pediatrics Council on School Health. Magalnick H, Mazyck D. Role of the school nurse in providing school health services. Pediatrics. 2008 May; 121(5):1052-6.

·Artigo sem indicação de autoria

XII Reunion Anual de la Societat Catalana de Neurologia. XXII Curs d'Actualitzacion en Neurologia. Rev Neurol. 2008 Aug 1-15;47(3):153-63.

·Artigo publicado em idioma que não o inglês

Wiehn T, Domma J, Vollmer HC. [The significance of psychotropic substance abuse and addiction in the treatment of psychosomatic rehabilitation patients]. Rehabilitation (Stuttg). 2008 Jun;47(3):158-63. German.

·Artigo publicado em múltiplos idiomas

Prudente COM, Barbosa MA, Porto CC. Relação entre a qualidade de vida de mães de crianças com paralisia cerebral e a função motora dos filhos, após dez meses de reabilitação. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2010;18(2):149-55. Português, Inglês, Espanhol.

Drug-resistance tuberculosis among the foreign-born in Canada. Can Commun Dis Rep. 2005 Feb 15;31(4):46-52. English, French.

·Artigo publicado em volume com número especial

Ventura CAA, Brands B, Adlaf E, Giesbrecht N, Simich L, Wright M da GM, et al . Políticas e leis sobre drogas ilícitas no Brasil e a perspectiva de familiares e pessoas próximas a usuários de drogas: estudo na Cidade de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2009;17, n.espec:810-6.

·Artigo publicado em fascículo com suplemento

Zule WA, Costenbader E, Coomes CM, Meyer WJ Jr, Riehman K, Poehlman J, et al. Stimulant use and sexual risk behaviors for HIV in rural North Carolina. J Rural Health. 2007 Fall;23 Suppl:73-8.

·Artigo de periódico publicado em fascículo de suplemento numerado

Bühringer G, Wittchen HU. Understanding addiction--mediators and moderators of behaviour change processes: an introduction. Int J Methods Psychiatr Res. 2008 Jun;17 Suppl 1:S1-3.

·Artigo com parte de um volume

Jiang Y, Jiang J, Xiong J, Cao J, Li N, Li G, Wang S. Retraction: Homocysteine-induced extracellular superoxide dismutase and its epigenetic mechanisms in monocytes. J Exp Biol. 2008 Dec;211(Pt A):3764.

·Artigo num Fascículo sem volume

Ribeiro DPSA, Tachibana M, Aiello-Vaisberg TMJ. A experiência emocional do estudante de psicologia frente à primeira entrevista clínica. Aletheia. 2008;(28):135-45.

·Artigo com paginação indicada por algarismos romanos

Warthen LD. Streamlining managed care processes for clinics in the Bavarian region. Mil Med. 2008 Aug;173(8):xii-xiv.

·Indicação do tipo de artigo, se necessário (review, abstract, editorial, etc.)

Wright M da GM, Gliksman L, Khenti A, Furegato ARF. A pesquisa sobre o fenômeno das drogas na perspectiva dos estudos multicêntricos na América Latina e Caribe. [editorial]. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2009;17(spe):759-61.

Shaw M, Black DW. Internet addiction: definition, assessment, epidemiology and clinical management. [review]. CNS Drugs. 2008;22(5):353-65.

·Artigo contendo retratação

Carlisle MA. Did we make a mistake? Can Fam Physician. 2007 Jun;53(6):1062-3. Retraction in: Carlisle MA. Can Fam Physician. 2007 Dec;53(12):2105.

Kobayashi S, Soda Y, Bai Y, Tojo A. RETRACTED: Heterogeneous promoter activity of the telomerase reverse transcriptase gene in individual acute myeloid leukemia cells defined by lentiviral reporter assay. Haematologica. 2008 Jul;93(7):1103-5. Retraction in: Tojo A. Haematologica. 2008 Aug;93(8):1280.

·Artigo no prelo

Cerqueira GS, Lucena CT de, Gomes AT de M, Freitas APF de, Rocha NFM, Mariz SR. Consumo de álcool entre estudantes de uma escola pública da cidade de Cajazeiras, PB. SMAD, Rev Saúde Mental Álcool e Drogas 2011;7(1). No prelo.

·Artigo com erratas publicadas

Hamlin JÁ, Kahn AM. Herniography in symptomatic patients following inguinal hernia repair (published erratum appears in West J Med 1995; 62:278). West J Med 1995;162-28-31.

·Artigo Provido de doi (Document Origin Identification)

Miasso AI, Monteschi M, Giacchero KG. Transtorno afetivo bipolar: adesão ao medicamento e satisfação com o tratamento e orientações da equipe de saúde de um Núcleo de Saúde Mental. Rev. Latino-Am. Enfermagem. jul-ago 2009;17(4). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692009000400018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt doi: 10.1590/S0104-11692009000400018

Quicoli ROL, Presti P de F, Antunes IR, Carbonari GC, Imada AC, Maeda MY, et al . Reliability and dimensionality of the Short Alcohol Dependence Data (SADD) questionnaire in a clinical sample of hospitalized patients: using the SADD in a general hospital setting. Rev Bras Psiquiatr. [periódico na Internet]. [acesso 2010 Jul 22]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462010005000020&lng=pt. Epub 02-Jul-2010. doi: 10.1590/S1516-44462010005000020.

·Periódico publicado em formato audiovisual

Pulse: Emergency Medical Update [videocassette]. Easton (PA): Radiological Society of North America.v. 1, 1996 - Videocassettes: sound, color, 1/2 in

·Artigo em CD-ROM, DVD, ou disco

Buchler MW, Knaebel HP. Partial pancreaticoduodenectomy with superior mesenteric vein reconstruction. Real Surg [DVD]. 2004 May;1(5):[35 min.].

·Artigo divulgado antes de sua publicação (ahead of print)

Leeies M, Pagura J, Sareen J, Bolton JM. The use of alcohol and drugs to self-medicate symptoms of posttraumatic stress disorder. Depress Anxiety. 2010 Feb 23. [Epub ahead of print]

Livros e outras monografias impressas

·Livro padrão

Prentiss C. The alcoholism and Addiction Cure: A Holistic Approach to Total Recovery. Malibu (CA): Power Press; 2005. 352 p.

·Livro com editor

Rodríguez JJ, editor. Salud mental en la comunidad. Washington, DC: Organización Panamericana de la Salud; 2009. 376 p.

·Livro editado por uma instituição

Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas - SENAD (BR). Gabinete de Segurança Institucional. Drogas: Cartilha para educadores. Brasília (FD): SENAD; 2007. Série Por Dentro do Assunto.

·Livro editado por um autor/editor/organizador

Swiss Pharmaceutical Society, editor. Index nominum: international drug directory. 18th ed. Stuttgart (Germany): Medpharm Scientific Publications; 2004. 1823 p.

Ministério da Saúde (BR). Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 1997.

Luis MAV, organizadora. Os novos velhos desafios da saúde mental. Ribeirão Preto: EERP/USP; 2008. 320 p.

·Livro sem autor/editor

HIV/AIDs resources: a nationwide directory. 10th ed. Longmont (CO): Guides for Living; c2004. 792 p.

·Livro com edição

Modlin IM, Sachs G. Acid related diseases: biology and treatment. 2nd ed. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins; c2004. 522 p.

·Livro com data/local de publicação desconhecidos e/ou estimados

Centro de Informacion y Educación para la Prevencion Del Abuso de Drogas. Manual de prevención para padres. Lima (PE): Cedro; [19--?]. 46 p.

Figueiredo RMMD, organizadora. Prevenção ao abuso de drogas em ações de saúde e educação. [São Paulo]: NEPAIDS; 1992

·Livro com indicação de série

Best SJ, Krueger BS. Internet data collection. Thousand Oaks (CA): Sage Publications; 2004. 91 p. (Quantitative applications in the social sciences, no. 07/041).

·Livro em CD-ROM

Guimarães FM, Giacomin T, Biehl JI. Serviços de enfermagem, Hospital Mãe de Deus [CD-ROM]. Capacitação da equipe de Enfermagem; 20-25 jan 2004; Porto Alegre, RS. c2004. 1 CD-ROM: 4 ¾ in.

·Capítulo de livro

Furegato ARF. A conduta humana e a trajetória do ser e do fazer da enfermagem. In: Jorge MSB, Silva WV, Oliveira FB, organizadoras. Saúde mental: da prática psiquiátrica asilar ao terceiro milênio. São Paulo (SP): Lemos Editorial; 2000. p. 93-116.

Luque E, Rodríguez Sturla P. Concepciones sobre la importancia de la psicología en la clínica de Telma Reca y Marcos Victoria. In: Ríos JC, Ruiz R, Stagnaro JC, Weissmann P. Psiquiatría, psicología y psicoanálisis: historia y memoria. Buenos Aires: POLEMOS; 2000. p. 169-77.

·Teses e/ou Dissertações

Guzmán Facundo FR. Fatores de Risco e o Significado do Consumo de Drogas em Adolescentes e Jovens Marginais de Bandos Juvenis. [Tese de Doutorado em Enfermagem Psiquiátrica]. Ribeirão Preto: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/USP; 2007. 169 p.

·Trabalho publicado em proceedings com título

Pacak K, Aguilera G, Sabban E, Kvetnansky R, editors. Stress: current neuroendocrine and genetic approaches. 8th. Symposium on Catecholamines and Other Neurotransmitters in Stress; 2003 Jun 28 – Jul 3; Smolenice Castle, Slovakia. New York: New York Academy of Sciences; 2004 Jun. 590 p.

·Trabalho somente apresentado em evento

Dostrovsky JO, Carr DB, Koltzenburg M, editors. Proceedings of the 10th. World Congress on Pain; 2002 Aug 17-22; San Diego, CA. Seattle: IASP Press; c2003. 937 p.

·Trabalho de evento com editor

Van Pelt J, Kamermans M, Levelt CN, van Ooyen A, Ramakers GJA, Roelfsema PR, editors. Development, dynamics, and pathology of neural networks: from molecules to functional circuits. Proceedings of the 23rd International Summer School of Brain Research; 2003 Aug 25-29; Royal Netherlands Academy of Arts and Sciences, Amsterdam, the Netherlands. Amsterdam: Elsevier; 2005. 385 p. (Progress in Brain Research; v. 147).

Ferreira de Oliveira MJ, editor. Accessibility and quality of health services. Proceedings of the 28th Meeting of the European Working Group on Operational Research Applied to Health Services (ORAHS); 2002 Jul 28-Aug 2; Rio de Janeiro, Brazil. Frankfurt (Germany): Peter Lang; c2004. 287 p.

Furton EJ, Dort V, editors. Addiction and compulsive behaviors. Proceedings of the 17th Workshop for Bishops; 1999; Dallas, TX. Boston: National Catholic Bioethics Center (US); 2000. 258 p.

·Trabalho de evento com local e data de realização desconhecidos

2001 National HIV Prevention Conference; 2001 Aug 12-15; Atlanta, GA. [place unknown publisher unknw]; 2001.

·Proceedings sem data de publicação, mas com data de copyright

2nd International IEEE/EMBS Conference on Neural Engineering; 2005 Mar 16-19; Arlington, VA. Piscataway (NJ): IEEE; c2005. 693 p.

Progress in AIDS research in the Federal Republic of Germany. Proceedings of the 2nd Statusseminar of the BMFT Research Program on AIDS; 1989 Oct 12-14; Bonn, Germany. Munich (Germany): MMV Medizin Verlag; c1990. 399 p.

·Proceedings com data de publicação estimada

6th Congress on Equine Medicine and Surgery; 1999 Dec 12-14; Geneva, Switzerland. Chene-Bourg (Switzerland): Editions Medecine et Hygiene; [1999?]. 181 p. English, French, German.

Relatórios

Simonsen R. O Plano Marshall e suas prováveis repercussões econômicas na América Latina. Relatório. 26ª Reunião Plenária da Comissão Executiva do Conselho Interamericano de Comércio e Produção. Rio de Janeiro: [Agir]; 1947. 16 p.

Legislação

Decreto n. 6117 de 22 maio 2007 (BR). Aprova a Política Nacional sobre o Álcool, dispõe sobre as medidas para redução do uso indevido de álcool e sua associação com a violência e criminalidade, e dá outras providências. Diário Oficial da União; 31 out 2003. [acesso 03 mar 2010]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/DNN/2003/Dnn10010.htm 13/11/2008 09:00:53

Ministério da Guerra (BR). Aviso Ministerial n. 217-185 (reservado), de 6 de julho de 1945. Dispõe sobre a dissolução da Força Expedicionária Brasileira e dá outras previdências. Rio de Janeiro (RJ): Ministério da Guerra; 1945.

Documentos eletrônicos

·Artigo de periódico na internet

Roman M, Hall J, Bolton K. Nurturing natural resources: the ecology of interpersonal relationships in women who have thrived despite childhood maltreatment. Adv Nurs Sci. [Internet]. 2008, July [cited Nov 24, 2008];31(3):184-97. Available from: CINAHL with Full Text.

Polgreen PM, Diekema DJ, Vandeberg J, Wiblin RT, Chen YY, David S, et al. Risk factors for groin wound infection after femoral artery catheterization: a case-control study. Infect Control Hosp Epidemiol. [Internet]. 2006 Jan [cited 2007 Jan 5];27(1):34-7. Available from: http://www.journals.uchicago.edu/ICHE/journal/issues/v27n1/2004069/2004069.web.pdf.

·Artigo de periódico da Internet com número DOI

Vieira PC, Aerts DRG de C, Freddo SL, Bittencourt AML. Uso de álcool, tabaco e outras drogas por adolescentes escolares em município do Sul do Brasil. Cad Saúde Pública. [periódico na Internet]. nov 2008 [acesso 24 nov 2008] ;24(11):2487-98. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008001100004&lng=pt. doi: 10.1590/S0102-311X2008001100004.

Almeida MMC, Aquino ML, Barros AP. Trajetória escolar e gravidez na adolescência entre jovens de três capitais brasileiras. Cad Saúde Pública. [Internet]. 2006 [acesso 28 nov 2008];22(7):1397-409. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2006000700005&lng=&nrm=iso>. doi: 10.1590/S0102-311X2006000700005

·Artigo de periódico da Internet com partícula hierárquica no nome

Jouyban A, Acree WE Jr. In silico prediction of drug solubility in water-ethanol mixtures using Jouyban-Acree model. J Pharm Pharm Sci. [Internet]. 2006 [cited 2007 Jan 5];9(2):262-9. Available from: http://www.ualberta.ca/~csps/JPPS9_2/Dr_Jouyban/MS_820.htm.

·Artigo de periódico da Internet com organização como autor

American Medical Association; American Nurses Association –American Nurses Foundation; Centers for Disease Control and Prevention (US); Food and Drug Administration (US), Center for Food Safety and Apllied Nutrition; Departmente of Agriculture (US), Food Safety and Inspection Service. Diagnosis and management of foodborne illnesses: a primer for physicians and other health care professionals. MMWR Recomm Rep. [Internet]. 2004 Apr 16 [cited 2007 Jan 9];53(RR-4):1-33. Available from: http://wwwcdc.gov/mmwr/preview/mmwrhtml/rr5304a1.htm.

·Artigo de periódico da Internet sem autoria

Prevention strategies for asthma--secondary prevention. CMAJ. [Internet]. 2005 Sep 13 [cited 2007 Jan 5];173(6 Suppl):S25-7. Available from: http://www.cmaj.ca/cgi/content/full/173/6_suppl/S25.

·Artigo de periódico da Internet com paginação em números romanos

Meyer G, Foster N, Christrup S, Eisenberg J. Setting a research agenda for medical errors and patient safety. Health Serv Res. [Internet]. 2001 Apr [cited 2007 Jan 9];36(1 Pt 1):x-xx. Available from: http://www.pubmedcentral.nih.gov/picrender.fcgi?artid=1089210&blobtype=pdf.

·Artigo de periódico da Internet com mesmo texto em dois ou mais idiomas

National Advisory Committee on Immunization (CA).Update on the recommendations for the routine use of pneumococcal conjugate vaccine for infants. An Advisory Committee Statement (ACS) = Mise a jour des recommendations relatives a l’utilisation courante du vaccine conjugue contre le pneumocoque chez les enfants en bas age; Une Declaration d’un Comite Consultatif (DCC). Can Commun Dis Rep [Internet]. 2006 May 1 [cited 2007 Jan 9];32(ACS-4):1-6. Available from: http://www.phac-aspc.gc.ca/publicat/ccdr-rmtc/06vol32/acs-04/index.html English, French.

Alonso Castillo BAA, Marziale MHP, Alonso Castillo MM, Guzmán Facundo FR, Gómez Meza MV. Situações estressantes de vida, uso e abuso de álcool e drogas em idosos de Monterrey, México = Stressful situations in life, use and abuse of alcohol and drugs by elderly in Monterrey, México = Situaciones de la vida estresantes, uso y abuso de alcohol y drogas en adultos mayores de Monterrey, México. Rev. Latino-Am. Enfermagem. [Internet]. jul./ago. 2008 [acesso em: 24 nov 2008];16(no. Spe):509-15. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issues&pid=0104-1169&lng=pt&nrm=iso Português, Inglês, Espanhol.

·Artigo de periódico da Internet com título em idioma diferente do Inglês

Meirelles ZV, Minayo Gomez C. [Stopping with the criminality: a way out of youths involved in traffic of drugs in slums in the city of Rio de Janeiro]. Cien Saude Colet. 2009 Sep-Oct;14(5):1797-805. Portuguese.

Livros e outros títulos individuais em CD-ROM, DVD ou disco

Malagutti W. Bioética e enfermagem: controvérsias, desafios e conquistas. Rio de Janeiro: Editora Rubio; 2007. 1 DVD.

Página na internet

National Institutes on Drug Abuse [Internet]. NIDA InfoFacts: El embarazo y las tendencias de uso de drogas. The National Institute on Drug Abuse (NIDA) is part of the National Institutes of Health (NIH) , a component of the U.S. Department of Health and Human Services. Questions? See our Contact Information. Last updated on Wednesday, January 2, 2008.[cited November 2, 2008]. Available from: http://www.nida.nih.gov/Infofacts/ElEmb-sp.html.

Monografia publicada na internet

Druetta G. Situación de América Latina y el Caribe en materia de producción y tráfico ilícito de drogas y delitos conexos [database na Internet]. El Salvador: Instituto de Drogodependencia. Universidad del Salvador; [acceso 1 abril 2005] Disponivel en: http://ar.geocities.com/laotraverdad/salvador/drog5604.html.

“SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas”
Av. Bandeirantes, 3900. Ribeirão Preto/SP - Brasil CEP: 14.040-902 Telefone: +55 (16) 3602-3451 Fax: +55 (16) 3602-0518
e-mail: rev_smad@eerp.usp.br
www.eerp.usp.br/resmad